[O MAIS FOFO DO MUNDO] Bolo de vinho tinto com cacau +bônus: geleia de morango sem açúcar

Tinha uma garrafa de vinho aqui em casa, eu olhei pra ela, ela olhou pra mim. A gente se curtiu. Aí, fui caçar uma receita de bolo com vinho e achei esse AQUI [em inglês]. Mas, aí inventei uma outra receita, mais simples. Fiquei surpresa com a fofura desse bolo e o sabor é foda! Sim, a gente se conheceu ontem, mas já se ama. ❤

Gifs pra comprovar o amor:

gif bolo (1)

gif bolo (3)

Servi com geleia de morango e chantilly de aquafaba.
Não vou botar a receita do chantilly porque tem um monte de gente que já postou e descreveu bem o processo. O melhor post que vi foi do Tempero Alternativo AQUI.

+Vamos começar pela **Receita Bônus**:
Geleia de morango sem açúcar:
1/2 caixinha de morangos
1/2 maçã ralada [substitui o açúcar]
1/2 xícara de água [talvez precise de mais]

Amassa os morangos, leva pra panela com a maçã e a água. Tampa. Vai mexendo de vez em quando. Se precisar, coloca mais água. Deixa lá até ficar um creme com pedaços.

bolovinhoca4

Vamos ao que interessa, vamos fazer esse bolo e se amar, gente! \o/ \o/ \o/

3 xícaras de farinha de trigo [use 2 de farinha branca e 1 de integral]
1/4 xícara de cacau
1 xícara de açúcar [usei demerara + açúcar de coco]
1 xícara de vinho tinto [nada de vinho doce, só seco]
1/2 xícara de água
1/2 xícara de óleo
3 colheres de água morna + 1 colher de chia ou 1,5 colher de linhaça [mistura e deixa uns 5 minutos]
1,5 colher de sopa de fermento

Já liga o forno.
Mistura farinha e cacau numa tigela. Aí, vai pra outra tigela e mistura os outros ingredientes, menos o fermento, até ficar homogêneo.
Junta o conteúdo das duas tigelas, mexe até ficar bonito. Depois, coloca o fermento. Então, forma untada/enfarinhada, forno ~210ºC.
Vai ficar uns 30 minutos no forno. Pra saber se tá bom, aperta o centro do bolo, se ele afundar e volta, tá bom. Não adianta espetar com um palito porque o bolo fica molhadinho e o palito vai sair “sujo” sempre.

bolovinhoca3bolovinhoca5

Anúncios

Polenta cremosa com ragu ao vinho

Quando tô com pressa e/ou preguiça de cozinhar, faço essa polenta marota.
É  fácil. É econômica. É quentinha. E, convenhamos, é a face da sedução!
Ah, depois de tirar as fotos reparei que tinha um John Lennon observando tudo – a foto tá lá no fim. Encarei isso como um sinal do cosmos pra ouvir Beatles:

Mas, como ninguém entra aqui pra ouvir música, o povo quer comer, mire e veja o que foi na polenta.
polrag1

1 xícara de fubá mimoso
4.5 xícaras de água
Sal
2 colheres de sopa de azeite
+ Os temperos que você gostar, usei:
Cebola em flocos
alho
cúrcuma
páprima
orégano
tomilho
pimenta branca
alho poró seco
missô

polrag6 polrag5

Mistura meia xícara de água com o fubá e deixa lá. coloca o restante da água pra esquentar com os temperos, quando começar a ferver. Aí, mistura a pastinha de fubá com a água quente e mexe até ficar encorpado. Vai experimentando, pode ser que precise de mais água. Ah, cuidado que o fubá pula mais do que galera em show do Araketu.
Por fim, coloca o azeite e mexe.

polrag2

Ragu
100g de proteína – pode ser carne de soja, seitan, nata de soja, tofu, cogumelo…
1/2 cebola
1 dente de alho
100ml de vinho tinto
2 tomates
orégano
sal + pimenta

Refoga cebola com alho, aí, coloca a proteína, mexe, bota um pouco de sal, coloca o vinho, abaixa o fogo, tampa. Deixa lá até o vinho quase secar. Então, coloca os tomates picados, mexe e tampa. Deixa lá até o tomate derreter. Se precisar, põe um pouco de água pra não queimar. No fim, sal, pimenta e orégano.

polrag4

Na hora de montar, polenta, ragu e um pouco de castanha ralada por cima.
Repare no beatle John espiando nessa última foto!  \/

polrag3

Abobrinha recheada com alho-poró & couscous ao vinho branco

Dia das mães tá chegando, então, esse post é em homenagem à minha Lurdinha, que não teve uma vida fácil, mas conseguiu me criar muito da do bem. ❤

4

A receita é rápida porque ninguém quer passar o dia inteiro cozinhando, néam Então, dá o play e faz essa receita pra sua mãe! Ah, sei que a música não é lá muito original, mas é tão linda!

Abobrinha recheada

4 abobrinhas
200g mandioquinha
q.b. Chia [ou: aveia, amido, linhaça…]
2 colheres de sopa de Vinho branco
1/2 talo de alho-poró
azeite
sal e pimenta

Bota a mandioquinha pra cozinhar na água com sal,
Corta as abobrinhas em rodelas de +- 5cm. Faz os copinhos com a ajuda de uma colher de café ou um boleador. Guarda a polpa das abobrinhas.
Tempera os copinhos com sal, pimenta do reino e azeite. Leva pra assar numa forma untada e coberta, forno médio. Deixa lá até a abobrinha ficar macia.

2 3

Bate no liquidificador as mandioquinhas com 1/4 de xícara da água do cozimento + vinho branco. Acerta o sal. Tá pronto o purê 🙂
Bate/pica a polpa das abobrinhas com alho-poró e coloca o purê de mandioquinha aos poucos, até formar uma pasta. Tempera com sal e pimenta. Tá pronto o creme 🙂

No fundo dos copinhos deve ter um pouco do caldo da abobrinha, aí, coloca uma colherzinha de café de chia – isso vai servir para absorver o caldo que sair e não deixar o recheio aguado.
Aí, coloca o creme de alho poró nos copos de abobrinha e leva ao forno por uns 15 minutos. Depois, cobre com o ~parmesão~ e leva ao forno alto, 10 minutos.

Parmesão vegetal
1/2 xícara de castanha do pará
1 colher de sopa de levedo de cerveja
1 dente de alho pequeno
1 colher de farinha de rosca
sal

Para guarnição:
1 cenoura cortada em filetes e grelhada com azeite [bem rapidinho, pra não perder a crocância]
10 tomates cereja picados
5
Couscous marroquinho 

2 xícaras de sêmola cozida/hidratada
1/2 xícara de passas
1/2 xícara de vinho branco
castanha de caju [se quiser]
Cheiro-verde

Refoga as passas no azeite, acrescenta o vinho branco e deixa em fogo baixo até quase secar. Aí mistura a sêmola, castanhas e cheiro verde. Acerta o sal e finaliza com um fio de azeite.

Bambulhoada

Além de ter o coração cheio de compaixão, o povo vegano tem a mente transbordando de criatividade. A gente desmonta a bacalhoada, salva vááários peixes e inventa batatalhoada, jacalhoada, bambulhoada…

mar3

Eu gosto muito da textura do bambu, mas ele tem um saborzinho amargo que me incomodava um tanto. Então, comecei a testar formas de deixar tudo mais agradável. Cheguei a este modo de preparo

O broto e o caldo:
200g de broto de bambu em conserva (cortado em pedaços de +-5cm x 2cm)
1/2 folha de alga nori
1 colher de sopa de alga hijiki
1/2 limão
1 cebola
100 ml de vinho branco
sal
água ate cobrir tudo e sobrar uns 2 dedos acima.

Cozinha tudo na panela de pressão por uns 15~20 minutos.
O líquido na panela é um caldo com sabor de mar, pode ser usado em pirão, risoto ou qualquer outra coisa que você faria com caldo de peixe.

mar2 mar1

A montagem:
3 batatas
1/2 pimentão
1 cebola
dentes de alho [quanto teu bom senso mandar, usei 3]
azeitona [se tiver, aqui em casa não tinha, mas eu recomendo]
salsinha, coentro [só no fim]
sal e pimenta do reino
Azeite – muito azeite

Você pode colocar tudo na assadeira untada com azeite, e fazer uma coisa mais be-bop, ou
colocar tudo em camadas. Aí, rega com mais azeite e um pouco de vinho branco.
Cobre tudo e leva ao forno médio até as batatas ficarem cozidas. Descobre a assadeira e deixa no forno mais uns 10 minutos – até dourar. Pra finalizar, mais azeite e as ervas frescas.

mar6

Ravioli com castanha de caju e molho de vinho + tomate cereja confitado (aka a face da paixão)

É barato de fazer, samba na cara da galera que pergunta ‘o que você come?’ e ainda cria um clima de romance. Demora umas 2 horinhas pra ficar pronto, mas já pode dar o play https://www.youtube.com/watch?v=BKPoHgKcqag

22

Primeiro, pega os tomatinhos, corta ao meio e coloca eles deitadinhos de bunda pra baixo. Aí, coloca temperinhos – eu: alho, orégano, alecrim, tomilho e sal. Joga azeite. Vai pro forno beeem baixo. E esquece lá.

A massa:
1,5 xícara de farinha de sêmola fina
1,5 xícara de farinha de trigo
1 xícara de água (pode ser mais ou menos, dependendo das farinhas)
Cúrcuma – pra dar uma corzinha

Como?
Mistura farinhas e cúrcuma
Faz um buraco no meio e enche de água
Com os dedos, vai mexendo a água no buraco e incorporando a mistura aos poucos – fica de olho se precisa de mais água.

Vai virar uma bolona, não vai grudar mais na mesa. Aí, coloca numa tigela, cobre com um pano úmido e vai cuidar de fazer molho/recheio…

44

O recheio:
No liquidificador…
1/2 xícara de castanha de caju
5 colheres de sopa de água – essa medida bizarra é pq fui colocando aos poucos
1 dente de alho pequeno
1 colher de sopa de levedo
1 colher de azeite
sal, noz moscada, pimenta
Bate até virar um pastinha e coloca mais 1/2 xícara de castanha. Bate de novo. Vai ficar um patê pedaçudo.

33
Pra montar:
Abre a massa, recheia, fecha – não tenho aquele lance de fazer ravioli, usei essa forma de gelo aí da foto.
Joga na água fervente com sal. Subiu – eu espero parar de dançar, tá pronto.

O molho:
é a coisa MAIS FÁCIL DO MUNDO:
Refoga uma cebola. coloca 1 xícara de vinho tinto seco, abaixa e deixa reduzir um tiquinho. Aí, pega uma xícara de café, coloca 1 colher de chá de amido, 1 colher de sopa de shoyu, completa com água, mexe e joga no lance do vinho. Mistura tudo, espera o amido cozinhar e PRONTO. [caps loka!]

Pão de minutos com castanhas + antepasto de abobrinha com shimeji

Liguei pra pizzaria e disseram que ia demorar entre 1h e 1h30 pra entregar as pizzas. Como a fome não espera, fui lá pra cozinha fazer um pré jantar.

ante3

Pão de minuto com castanha e chia

2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento químico em pó
1/2 colher (chá) de sal
1 colher de sopa de sopa de chia
1 xícara de água
1 colher de chá de vinagre branco
2 colheres de sopa de azeite
1/2 xícara de castanha do pará
um tiquinho de cúrcuma…

Mistura:
farinha, fermento, sal e cúrcuma

Bate no liquidificador:
óleo, água, vinagre, cebola, chia

Junta tudo, até virar uma bolota, se precisar, coloca mais farinha.
Pode assar em bolinhas ou fazer um pãozão. Forno médio, uns 20/30 minutos.
Dá uns socos no fundo do pão, se fizer um barulho de oco, tá pronto!

ante2
Antepasto rápido de abobrinha e shimeji
2 abobrinhas
100g de cogumelos
1 cebola
1 dente de alho
50ml de vinho branco
50ml de água
2 colheres de azeite
1/2 colher de chá de fumaça líquida
tomilho, orégano, sal

Leva tudo pra panela (menos a fumaça), tampa e deixa lá até ficar macio. Se precisar, vai acrescentando mais água pra ajudar no cozimento. Coloca a fumaça pra finalizar