Panetone vegano mais sussa – receita detalhadinha

panetone16
Sempre vi receitas de panetones veganos, mas levavam ingredientes complicados chatinhos de encontrar. A massa original leva um monte de ovo e manteiga, então, veganizar é uma dificuldade. Mas, resolvi desenvolver uma receita com o meu amado e versátil inhame. Me inspirei nesta receita do Presunto Vegetariano. E tive ajuda da espetacular Tamine, confeiteira Delícias Veganas, de Salvador/BA.

Os ingredientes são encontrados em qualquer mercado e o resultado fica bem próximo do tradicional. A  massa é úmida e perfumada. A única coisa mais complicada é que, como a massa é delicada, são várias etapas de preparação, mas eu tentei explicar direitinho. Qualquer dúvida, me avisa 😉

panetone234

Faz um tempo que não posto e peço desculpa pela ausência aqui. Mas, minha mãe, dona total do meu coração, tá fazendo um tratamento complicado. Então, meu foco é cuidar dela este ano. E preciso dizer que Tamine, além de me dar dicas de confeitaria, tem sido uma ótima amiga e me apoiado muito desde o começo. Brigado, amorinha  ❤ ❤ ❤

Dá o play no Chico, que faz mamãe sambar e suspirar.
Bóra parar de enrolação e partir pra receita!

Primeiro, faz a esponja, que vai acordar o fermento com todo pique:

3/4 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de água morna
1 colher de sopa de açúcar
10g de fermento biológico seco (aqueles de sachê, sabe?)

panetone3

Mistura água, fermento e açúcar até dissolver tudo. Bota a farinha e mexe. Vai ficar parecendo uma gororoba. Tá certinho. 🙂
Deixa num lugar sossegado por uns 30 minutos. O fermento precisa de um tempinho pra acordar de boa, sem pressa.

Aí, enquanto você tá esperando já prepara as coisas da massa. Você vai precisar de:

3/4 xícara de inhame cozido (dá uns 4 inhames bolinha)
1/2 xícara de água
Raspas da casca de meia laranja
1 colher de chá de essência de baunilha
5 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de óleo (eu boto uma gotinha de dendê pra deixar a massa coradinha)
3 xícaras de farinha de trigo
+1/2 xícara de farinha pra polvilhar enquanto abre a massa

O ideal é usar o inhame ainda quentinho pra gente ter uma mistura morna pra fazer a massa, ok?
Bate no liquidificador todos os ingredientes – menos a farinha e a gororoba de fermento.

 

 

Agora é hora de juntar a massinha de fermento (que descansou 30 minutos) com o creme de inhame. Mistura tudo até ficar sem grumos. Então, colocar as 3 xícaras de farinha de trigo. A massa deve ficar grudenta, não firme como massinha. Cobre com um pano e deixa lá. Vai cuidar dos recheios.

Recheios:
Pra essa massa, usei 1 xícara de recheio. Como é Natal e a gente se sente rica,  fiz metade com cranberry, amêndoas e chocolate 70% e outra parte com  damasco e chocolate.
Nos testes anteriores, eu botei muito recheio e os pães não cresceram. Também cortei muito grande os pedaços, ficou pesado e não deixou a massa fofinha.

 

 

 


É hora de montar os pães.
Você vai precisar de uma bacana/mesa/tábua,  enfarinha sua superfície de trabalho. Aí, abre a massa com as mãos. Se precisar, coloca farinha daquela meia xícara, não bota muita farinha pra não pesar. Espalha o que você vai usar como recheio, enrola a massa como se fosse um rocambole. Enrola de novo e dá uma apertadinha pro receio se misturar à massa. Essa quantidade de massa vai render um quilo de panetone. Você pode colocar nas forminhas que tiver. Eu fiz dois de 250g e cinco de 100g.

panetone10panetone8

Unta suas mãos óleo de cozinha e divide a massa nas forminhas – se quiser, pode colocar castanhas por cima, igual eu fiz. E deixa descansando por duas horas num  lugar ameno, cobre com um pano pra proteger a massa. Fecha janela, porta, fecha tudo, quanto mais abafado estiver, melhor pra massa crescer. Ah, lembra que vai dobrar de tamanho, então, não enche muito as formas, blz?

panetone12panetone13

Preparo do forno:
Quando tiver passado 1h40, liga o forno porque tem que pré-aquecer a 250º por 20 minutos, no mínimo.
Coloca uma assadeira com água. Na parte de trás em na grade de baixo. O importante é que o forno fique quentinho e com umidade.

 

Assando:
Coloca os pães no forno a 250º e deixa nesta temperatura por 7 minutos. Depois, abaixa pra 210º. Deixa mais 30 minutos.
A forma de saber se tá pronto é a mesma de todos os pães – dá um soquinho no fundo, se fizer barulho de oco, tá assado. 😉

Esfriando:
Sim, panetone é uma coisa cheia de frescurinha e não pode só deixar lá ele esfriando. Eu tentei até aquele lance de deixar pendurado esfriando, mas não teve um resultado muito diferente de simplesmente deixar os pães virados sobre a grade do fogão. Então, faz assim, vira os panetones e deixa sobre a grade do fogão – ou qualquer outro gradil que você tiver aí. Depois que o calor já tiver saído, coloca os panetones me saquinhos pra eles permanecerem molhadinhos. Se usar forminha de cupcake, como eu, precisa desenformar e deixar ele respirar um pouco antes de embalar, tá?

 

panetone17

Se quiser fazer uma firula, pode enfeitar com chocolate derretido com um fiozinho de óleo. Assim, depois de esfriar, ele vai ser fácil de cortar sem rachar a casquinha.

 

panetone14

Se quiser deixar sua timeline mais linda, curte o AMO no facebook 🙂

Anúncios

Bolinho de laranja com mousse de chocolate e geleia [de bagaço e casca] de laranja

Sim, eles ficam super bem juntos, são A FACE DA SEDUÇÃO, mas cada coisa pode ser feita separada, não precisa fazer todo mundo junto, tá?

O bolinho é bem simples e pode fazer a receita no tamanho tradicional, não precisa ser cupcake. A mousse é feita com abacate e cacau, mas eu troquei parte do açúcar por tâmaras – me senti a Bella Gil hahahahaah – e a geleia é feita com o bagaço e as cascas das laranjas

bolaranja6

2 coisinhas:
~Como eu vi muita gente falando que não acerta massa de bolo, botei umas dicas na receita, tá?
~Como as receitas são todas simples, vou sair do padrão do blog e deixarei os ingredientes e modo de fazer por receita.
Mousse
1 abacate
3 colheres de sopa de cacau
1 colher de sopa de óleo de coco ou manteiga de cacau [é opcional, só pra deixar mais firminho]
3 colheres de sopa de açúcar [usei 2 colheres + 3 tâmaras]
1 colher de chá de baunilha

Bate tudo e leva pra gelar.
Sim, só isso.

bolaranja3
Geleia
Bagaço de 2 laranjas
Cascas de 2 laranjas
1,5 xícara de açúcar [usei demerara]
1,5 xícara de água
Bate tudo no liquidificador e leva ao fogo alto, abaixa o fogo quando ferver e deixa lá até sair o amargor das cascas. Se precisar, coloca mais água. Se quiser, coloca mais açúcar.

 


Bolo de laranja
4 xícaras de farinha de trigo
1,5 xícara de açúcar [usei demerara]
2 xícaras de suco de laranja [usei 2 laranjas grandes e completei com água]
1 cenoura pequena
1/2 xícara de óleo
3/4 colher de sopa de bicarbonato
Faz o suco de laranja. Bate as laranjas sem casca e coa- guarda as cascas  e o bagaço pra geleia.
Então, bate no liquidificador: açúcar, óleo, cenoura + o suco sem bagaço. Vai virar um creme laranjinha.
DICA 1: já liga o forno, deixa alto pra ele pré-aquecer

bolaranja2

Numa tigela, coloca a farinha de trigo e o líquido. Mistura até ficar homogêneo,
DICA 2: não pode misturar muito porque vai acabar ativando o glúten e deixando a massa pesada.

Aí, coloca o bicarbonato com uma peneira e mistura ~com carinho~ até incorporar bem.
Bota em forminhas – enche uns 3/4 da forma – e leva ao forno médio até dourar. Deve demorar uns 30 minutos.

DICA 3: Espera uns 20 minutos até abrir o forno pra ver se o bolo tá bom. Aí fecha as janelas da cozinha, não deixa corrente de ar perto. Isso vai diminuir a perda de calor do forno, não vai dar um choque de temperatura na massa.

bolaranja4

DICA 4: Depois de pronto, tira o bolo do forno, cobre com um pano e coloca pra esfriar em cima da grade do fogão. Isso vai ajudar a massa a esfriar por igual.
Pra montar os cupcakes:
Tira um tampinha dos bolinhos, cava. Coloca a geleia no buraco e tampa. Aí, coloca a mousse de cacau por cima e pronto. Coloquei umas ideias de como decorar – com ou sem bico. E, notem, sou a negação da negação da negação da confeitaria ahahaha

bolaranja8bolaranja10bolaranja12

Ninho de cogumelos com alho-poró e creme de ~queijo~ [sem glúten]

Acabou o caô, o bloguinho mais amor do hemisfério sul voltou!

O que aconteceu na pausa:
Gsus fez aniversário
Bowie morreu =/
Eu fiz aniversário
Ganhei um monte de pratos pra tirar um monte de fotos de um monte de comida

Então. vamos botar uma música pra animar – brinks, a música é pra ver Jessica Lange destruidora:

A receita é a coisa mais fácil do planeta e não precisa usar esse recheio, qualquer um deve ficar bacaninha 😉

cest2

O ninho:
4 batatas
3 colheres de sopa de óleo/azeite
sal

Recheio
2 mandioquinhas
1 colher de sopa de tofu – ou castanhas
1 colher de chá de azeite
1 colher de chá de missô [opcional]
Noz moscada
Sal
Pimenta branca

100g de cogumelos
1 talo de alho poró

 
O ninho:
Rala todas as batatas no ralo fino. Coloca num pano/lenço/peneira e aperta pra sair o máximo da água. Aí, bota numa tigela e coloca o óleo. Mistura.

Aí, coloca em formas de empada, quiche, tortinha, cupcake… E forno alto até dourar. Depois, tira e põe um pouco de sal.

cest7

O recheio:
Cozinha as mandioquinhas e bate no liquidificador com o tofu/castanhas, azeite, missô e os temperos. Bota na reserva.
Aí, refoga o alho-poró com os cogumelos. Acerta o sal.

cest1

Pra montar:
Com o ninho já dourado e ainda nas forminhas, coloquei os cogumelos e cobri com o creme.
Aí, forno até dourar o creme. Se quiser, decora com umas ervas frescas 🙂
Pronto!

cest8cest3

Bolo glaceado de maçã com passas e especiarias

Sim, bastou chover e entrar um golpe de ar gelado pela janela pra eu ir fazer um bolo que acompanha bem um cházinho. É coisa rápida, coisa simples, comfort food praqueles dias de chuva. E a estreia dessa forma mara de silicone, bote reparo!

bolomaca5

2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento
1 xícara de água
1/4 de xícara de óleo
3/4 de xícara de açúcar
1/2 colher de chá de goma xantana [é opcional, só pra deixar mais macio e úmido]
1/4 de xícara de maçã seca picada [aquela usada em chás]
1/2 de xícara de uva passa picada

Especiarias – usa o que você gostar, usei o que tinha aqui em casa
1 colher de café de canela em pó
1 colher de café de cravo em pó
noz moscada [beem pouquinho]

-outras coisas que funcionam bem: cardamomo, pimenta jamaica, gengibre em pó, raspas de laranja, anis estrelado, semente de erva-doce

Comofas?
Começa misturando tudo o que é seco [exceto a maçã e as passas] e mexe até ficar uma farinha só. Faz um buraco no meio e acrescenta óleo e água. Ficou homogêneo? Ótimo, aí mistura, em outro recipiente, maçã + passas + 1 colher de sopa de farinha. Então, incorpora à massa as frutas cobertas de farinha [isso vai impedir as frutas de irem para o fundo da forma].

Forno médio, cerca de 30 minutos.

bolomaca1 bolomaca2

Cobertura
1 xícara de açúcar de confeiteiro
1 colher de sopa de suco cítrico – usei limão cravo
2 colheres de sopa de água

Mistura açúcar e suco, então, coloca água aos poucos até ficar uma calda espessa e fluída.
Aí, joga por cima do bolo. Depois, ela fica daquele jeitinho que a gente tanto gosta: brilhosa e crocante. Se quiser, pode colocar canela ou raspas de laranja/limão

bolomaca4
bolomaca6

Fettuccine de abobrinha + molho sem queijo + almôndega coloridas

Depois de fazer ovos de chocolate, comer chocolate, fazer guerra de chocolate, limpar chocolate da cozinha e da cara…  Macarrão light, sem glúten, pouca gordura, muita fibra – enfim, pra aliviar a consciência [ou não hahaha]

O ~~macarrão~~
4 abobrinhas fatiadas
Usei aquele fatiador de lojinha de R$1,99, empilhei as fatias e corte ao meio. Aí, foi só refogar no azeite com cúrcuma e sal.
Level 1: COMPLETE
macarraoabobrinha1 macarraoabobrinha2

A almôndega
1/2 buquê de brócolis picado
1 cenoura grande ralada
1 cebola picada
500g de tofu amassadinho
1/2 xícara de farinha de mandioca branca
1 colher de sopa de chia + 1 de gergelim [é mais pra vitaminar, se não tiver, não precisa colocar]
sal, azeite, pimenta do reino
Mistura tudo até poder fazer bolinhas com as mãos untadas.
Aí, forma untada, forno médio até dourar.
Level 2: COMPLETE

macarraoabobrinha3 macarraoabobrinha4macarraoabobrinha6 macarraoabobrinha5

O molho
4 mandioquinhas miúdas ou 2 grandes cozidas
1/2 xícara de castanha de caju ‘crua’
300ml de água [usa a água do cozimento das mandioquinhas e completa com água filtrada]
100 ml de vinho branco
1 colher de azeite
1 colher de polvilho
1 colher de levedo de cerveja

macarraoabobrinha7 puAzPH

Bate tudo e depois leva ao fogo médio, mexe até ficar cremoso. Pra finalizar, coloca sal, noz moscada e pimenta branca.
Na montagem ainda coloquei um pouco de alho-poró  com azeite e pimenta rosa [esta última só pra fazer uma firulinha]
Level 3: COMPLETE!
You win! Os bicho win! Todo mundo wins! \o/

macarraoabobrinha9 macarraoabobrinha8

PVT (ou PTS) com molho de cerveja

Esse prato é daqueles que mamãe fazia quando eu era molecota. Pra aquecer o coração, criei uma versão vegana e super rápida.
Uba uba uba hey
Pode ligar o cronômetro!

O que vai:
60 gramas de carne de soja [esse peso é antes de hidratar, dá +-1 xícara]
4 batatas médias picadas
1 cebola média picada tbm
1 lata de cerveja pilsen
temperos: sal, alho, páprica, louro, pimenta e molho inglês (ou, quando não acho marcas veganas, shoyu + vinagre)

Hidrata a pvt como de costume, leva pra panela de pressão com os outros ingredientes  e cobre com água. Aí, 5 minutos de pressão – sim, é quase tão rápido quanto um miojo.

Quer deixar tudo mais cremoso?
Doura duas colheres de sopa de farinha de trigo em 1 colher de óleo e acrescenta aos poucos o caldo do cozimento. Vai mexendo até ficar lisinho e ganhar consistência.

cerveja3 cerveja4a

Cuscuz marroquino com legumes e geleia de kinkan

Comidinha pra fazer a bonita num jantarzinho romântico
OU
pra ahazar naqueles almoços de família com enquete sobre nutrição

Pega um monte de legume, corta em cubos e leva pro forno com temperinhos. Eu usei:
2 abobrinhas pequenas
1 berinjela pequena
1 cebola pequena
1 cenoura
1/2 pimentão vermelho
1/2 pimentão amarelo
1/2 brócolis ninja cozido no vapor
1 dente de alho amassado
+
50 ml de vinho branco, tomilho, orégano, sal e pimenta
Deixa assadeira coberta, 20 min – forno médio, e vai cuidar das proteína!

1cus1 1cus2

Usei proteína de soja temperada com:
1 colher de sopa de missô
1 colher de chá de orégano
1/2 colher de chá de páprica
1 colher de chá de mostarda
1 colher de sopa de azeite
100 ml de água
sal

Aí, mistura a proteína com o tempero aos legumes. E todo mundo volta pro forno para que os sabores se juntem e intensifiquem.

O cuscuz é daqueles pré cozidos feat. preguiçosos, só colocar água quente e sal.

1cus41cus51

A geleia de kinkan

1 colher de açúcar
1 limão cravo
5 kinkans
2 cravos, 1 pauzinho de canela
1 colher de chá de azeite
Refoga tudo no azeite e no açúcar. Aí, coloca 100 ml de água e deixa em fogo baixo até reduzir 1/3 do líquido.
kinkan1

***Spoiler: no dia seguinte esses legumes viraram uma torta. Amanha coloco a receita!