Rocambole molhadinho de goiabada

Faz um tempo que tenho tentado chegar numa receita de rocambole bacana. As massas tradicionais levam ovos pra ficarem macias e bem maleáveis. Pra veganizar essa iguaria, passei por várias tentativas frustradas, tinha vez que parecia que ia funcionar, mas aí rachava na hora de enrolar. Até que ***tchãnananã*** cheguei nessa receita aqui.

Se tudo der certo, em breve consigo chegar numa receita de bolo de rolo. Caso alguém de Recife queira me dar umas dicas, super aceito!

rocambole7

Pra cozinhar ouvindo Comadre Fulozinha ❤

Recheio de goiabada
1 xícara de goiabada
1 xícara de água

Pica a goiabada, coloca numa panela com água, tampa e deixa no fogo médio. Mexe de vez em quando. Vai derreter. Aí, mexe  mais até ficar um creme. Tira do fogo e deixa na geladeira até a hora de usar.

Massa
1 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de polvilho doce
1 colher de sopa de fermento
1/2 xícara de açúcar [usei demerara]
1 colher de chá de baunilha
1/4 xícara de óleo
1 xícara de água

2 colheres de suco de laranja ou leite de coco – só pra umedecer a massa.
Coco ralado pra decorar.

rocambole1rocambole2

Como eu sempre faço as massas aqui, em 2 tigelas:
Mistura fermento, polvilho e farinha numa tigela. Em outra, mistura açúcar, água, óleo e essência.  Aí, junta as coisas das duas tigelas em uma só. Vai ficar uma massa mais líquida do que massa de bolo tradicional e mais consistente do que massa de panqueca.

[Dissolvo o açúcar nos líquidos antes porque  assim não precisar mexer tanto a massa. Desse jeito, não desenvolve o glúten na farinha de trigo. O que vai resultar numa massa mais leve.]

rocambole3

Pega uma assadeira grande, unta a assadeira toda, mas só enfarinha a parte de baixo. Assim, a massa vai crescer por igual, vai ficar plana.

Forno 200ºc, deixa lá por uns 20 minutos. Até a massa ficar firme ao toque – aperta no meio da massa,  se estiver fofinha, tá pronta.

Tira, desenforma o bolo sobre um pano úmido. Deixa a parte macia pra cima.

rocambole4

Corta as bordas do bolo e um umedece com o líquido que você escolheu. Esse aí da foto foi molhado com leite de coco.

Espalha todo o creme de goiaba.

rocambole5

Com ajuda do pano, vai enrolando a massa. Enrola e aperta, mas não muito. Vai escorrer um pouco do recheio, é normal.

rocambole6

Aí, espalha o recheio que escorreu por cima do rocambole.
Joguei um pouco de coco ralado por pra dar crocância e deixar bonitinho. Pronto 🙂

-Se estiver a fim, curte a página do AMO: https://www.facebook.com/amodeliciasveganas/

rocambole8

Anúncios

[Creme tipo] Iogurte natural de aveia

Sei que ninguém tem muito tempo nem dinheiro sobrando, então, gosto de pensar receitas com ingredientes fáceis de encontrar e tento simplificar os processos. Foi pensando nisso que criei essa receita. Não precisa colocar probiótico nem nada. O limão dá o azedinho e a aveia dá uma cremosidade boa. Pra não ficar com gosto de mingau, é importante coar bem. Eu uso um lenço fino, daqueles baratinhos de loja de bijuteria.

iogurte7

A receita é básica, o resultado não fica idêntico ao iogurte tradicional, mas lembra bastante. O sabor é parecido com aquele iogurte natural, neutro, meio azedinho,  sabe? E ele pode ser usado do mesmo jeito. Se quiser, bate ele com frutas, geleia, coloca açúcar, melado de cana… Este post só traz a base para você usar como quiser.

> curte lá página do blog mais amor desse país:  https://www.facebook.com/amodeliciasveganas/

Iogurte natural de aveia
1 xícara de aveia
3 xícaras de água
1 colher de polvilho doce
Limão – caldo de 1 ou 1/2 limão [depende do quão azedo você quiser]
1/2 colher de chá de vinagre de maçã ou de arroz
1 colher de sopa de açúcar [se quiser mais docinho, coloca mais]
1 pitada de sal – beeem pouqinho

iogurte1iogurte2

Bate aveia com água, coa com um pano bem fininho, aperta pra sair bem a gosminha. Eu uso esse lenço que tá na foto. Leva o leite para uma panela, coloca açúcar, polvilho, sal. Mexe no fogo médio até engrossar. Coloca o limão e o vinagre. Desliga o fogo. Guarda em um pote fechado. Antes de usar, dá uma mexidinha.

iogurte6

Para tudo e foca aqui: Alfajor de café com doce de leite

Faz muito, mas muito tempo que não como alfajor. Aí, a gula me pegou de jeito e fui lá me aventurar a inventar um lance delicinha que parece bastante um alfajor. A massa é uma bolachinha um pouco mais alta, mais delicada do que um biscoito comum e bem mais crocante do que um bolo. Mas a base é bem parecida com essa receita de Beliscão AQUI.

alfa13
E o recheio é o maior hit deste modesto bloguinho, o famoso doce de leite de vegano – receita original AQUI. A diferença é que – por motivos de falta de dinheiro – fiz com amendoim que tem um sabor mais marcante. por isso botei sal e um pouco mais de essência. Mas, digo e afirmo, acho que castanha de caju ainda faz o melhor doce de leite.

alfa15

Vou mudar o jeito de postar as receitas, tá? Vou dividir por receita e colocar ingredientes + modo de fazer, tá? Se achar que ficou ruim, dá um grito.

Como qualquer desculpa é desculpa pra botar música, deixo uma música argentina:

Doce de leite de amendoim: 
1 xícara de amendoim
1 xícara de açúcar
1/2 xícara de água
2 colheres de chá de baunilha
1 pitada de sal

É bem sussa pra fazer: Deixa o amendoim de molho por um tempo, quanto mais tempo ficar, mais delicado vai ser o resultado do doce. Deixei 6 horas. Aí, escorre a água e bota o amendoim no liquidificador, coloca o sal. Depois, derrete o açúcar, coloca água e deixa formar um caramelo. Quanto mais escura a calda, mais escuro o tom do doce. Então, derrama a calda no amendoim e bate até formar um creme. Por fim, coloca a baunilha e bate mais um pouquinho. Pronto! Se quiser mais firme, pode substituir a água por leite de aveia ou levar o doce de volta ao fogo e mexer até encorpar mais.

 
A massa – bolachinha de café:
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de amido de milho
1 colher de chá de fermento

1/2 xícara de café forte
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de açúcar

É aquela coisa que eu sempre digo, em uma tigela, mistura todos os líquidos com açúcar e mexe bem. Em outra tigela, mistura os demais ingredientes. Aí, junta tudo e amassa até formar uma bolota.

Modela a massa como você quiser. Eu abri e cortei com o fundo de um pote de requeisoy. Pra fazer alfajor, acho melhor deixar a bolachinha mais alta, ficou quase da espessura de um lápis. Se você quiser fazer só a bolachinha de café pra comer, pode deixar mais fina.
Forno médio/baixo até o fundo do biscoito dourar. Vai uns 25 minutos.

alfa4alfa5

 

Pra montar tudo:
!Não espalha o doce por uma bolacha toda e cobre com a outra!
Pega uma bolachinha, coloca doce de leite no centro dela e aperta com outra bolacha, assim, o recheio vai se cobrir as duas por igual e não vai ficar vazando [muito].

alfa9
Você pode finalizar seus alfajores de vários jeitos, salpicar chocolate em pó, espalhar açúcar, cobrir com chocolate derretido… Ou pode deixar eles peladinhos. O que dá um novo significado ao termo “manda nudes”!
alfa10
Como fiz:
Derreti 200g de chocolate [na verdade um pouco menos pq comi uns quadradinhos antes hahaha], apoiei o alfajor num garfo e pincelei chocolate. Depois, coloquei em cima de um saco de pão vazio e cortado. O papel do saco é tipo papel manteiga e não deixa as coisas grudarem. Se não tiver,  usa papel manteiga ou plástico filme. Aí, geladeira até firmar.
Pronto. Refestele-se! ❤

alfa11alfa12

alfa14

Pra acompanhar as receitas do blog, curte aqui:
https://www.facebook.com/amodeliciasveganas/

 

Receita detalhadinha: Pão de queijo sem queijo

Hoje é aniversário de vovó, dona Benedita faz 84 aninhos e minha homenagem chega honrando a tradição mineira. Esse pão de queijo vegano é puro sucesso, segui as dicas vó Dita, juntei algumas receitas da internet e pá, aqui tá o resultado!

paodq9

Vou explicar um pouco da lógica da coisa:
-O polvilho doce deixa mais macio, polvilho azedo deixa mais crocante.
-Escaldar o polvilho faz os pães crescerem e ficarem macios.
-O forno não poder ficar muito quente, senão, o pão fica cascudo e o meio não fica gostosinho, fica borrachudo.
-Na massa, vai um fiozinho de azeite de dendê, ajuda a deixar um gostinho diferente. Ninguém vai saber o que é, mas fica bem bom.

pdqgif (2)
3,5 xícaras de purê [usei 2 batatas grandes e 3 mandioquinhas]
3 xícaras de polvilho doce
2 xícaras de polvilho azedo
1 colher de sopa de sal

3/4 xícara de água [é melhor usar a água do cozimento dos legumes]
1/2 xícara óleo [coloquei um fio de dendê e dividi a quantidade restante entre azeite e óleo]
1 colher de sopa de extrato de soja [opcional]

paodq1

Cozinha batatas e mandioquinha até ficarem bem macias. Aí, amassa bem. Reserva.
Mistura os polvilhos, coloca sal. Se quiser, pode colocar alguma erva aqui pra dar um gostinho extra. Reserva.

paodq2paodq3

Aí, numa panela, mistura água, extrato de soja e  os óleos. Esquenta até ferver. Joga esse líquido quente nos polvilhos e mexe até ficar com cara de queijo ralado.

paodq4

paodq5

Coloca o purê e mexe bem, vai ficar com cara de massinha de modelar amarela.
Pronto, a massa tá feita. É só fazer os pães como você quiser. Usei uma colher medida pra deixar todos os pãezinhos com o mesmo tamanho. A massa rendeu 75 pães pequenos. Ficou no forno a 210ºc por 30 minutos.
Se você quiser fazer maiores, eles vão precisar de mais tempo no forno, ok?

paodq6paodq7

Aaaah, se quiser congelar, coloca em uma apoio e leva pro freezer. Aí, depois que eles estiverem durinhos, coloca num saco. Quando quiser assar, coloca os pães congelados direto no forno, 210ºc e deixa lá até a bundinha do pão ficar dourada.

paodq8

Curte lá: ttps://www.facebook.com/amodeliciasveganas/

~Steak~ empanadinho de feijão branco & requeijão de batata+inhame & abacate temperadinho

A ideia é fazer uma coisa parecida com aquele lance de frango, mas, esse aqui fica macio por dentro, crocante por fora e tudo delicinha ❤
Agora,não consigo te dizer se fica parecido com o steak tradicional… Quando as padocas começaram a servir sanduíche com esse lance de frango empanado, eu já não comia frango, aliás, parei nos chikenitos – aqui em casa não tinha grana sobrando pra comprar nuggets. Mas, enfim, se steak tradicional for parecido com chikenitos, esse de feijão branco é muito mais cheio de gostosura!

steak9

Requeijão de batata e inhame
1 inhame
1 batata
2 colheres de sopa de polvilho azedo
1/4 colher de chá de cebola em pó ou sopa de cebola
1/2 limão – só o caldo
Azeite – o quanto você quiser
Sal

Abacate temperadinho:
1/2 abacate
Ervas variadas – orégano, tomilho, salsinha…
1/2 limão – só o caldo
sal
pimenta do reino

Steak de feijão branco
3 xícaras de feijão branco cozido
1/2 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de farinha de milho
temperos – costumo usar uma mistura de orégano, tomilho, pimenta, páprica, pimenta e cúrcuma.
pra empanar:
água e farinha até virar uma gosminha [desculpa, nunca meço, vou colocado água aos poucos até ficar semelhante a uma clara de ovo]
farinha de milho

 

 

 
Requeijão de batata e inhame
Cozinha batata e o inhame até ficarem bem molinhos. Depois, bate no liquidificador com os outros ingredientes. Ah, coloca o azeite por último, enquanto bate. Isso vai deixar o creme brilhoso, bem bacana. Aí, leva ao fogo baixo e mexe até ficar encorpado. É jogo rápido.

steak10.jpg

Abacate temperadinho:
Pica abacate em cubos, coloca o limão [pra não oxidar],tempera e mistura tudo.
Pra variar: Se quiser fazer um creme, bate tudo no liquidificador até ficar um creme – AQUI tem umas receitas de creme de abacate que mostram a textura.

Steak de feijão branco
Mistura o feijão e as farinhas. Mexe até virar um lance tipo um purê. Coloca os temperos. Mexe mais. Leva pro fogo e mexe até ficar parecendo massa de coxinha, vai desgrudar do fundo da panela. Aí, deixa na geladeira ou no freezer até esfriar – deixei uns 25 minutos no congelador.

steak2

Unta as mãos e modela a massa de feijão branco. Passa na misturinha de água e farinha. Passa na farinha de milho. Coloca numa frigideira com um pouco de óleo. Fogo baixo até dourar. Vira e doura do outro lado. Pronto, agora é só montar seu lanchão!

steak6steak7

steak8

Leite vegetal perfeitinho [E umas dicas bacanas]

 

Aham, vou fazer a piadinha fofa e infame.
leite8

Sexta é dia de post com música, se bem que eu ando meio sem tempo e só tenho postado de sexta, né? Mil perdões. Mas, ó, to acertando a ampliação do blog pra outras redes e  semana que vem vai ser mais bacana. Prometo que juro!

Enfim, como ontem o maior tricolor do mundo teve uma vitória esplendorosa no Morumbi, o post começa com White Stripes cantando sua versão de “Sou, sou tricolor”:

Vamos falar de comida que é a razão de a gente entrar neste saite.

No passado, tinha conseguido um leite bacana e que faz espuma cremosa, mas levava goma xantana e amêndoas – o resultado saía caro. Aí, combinando ingredientes e pensando em como é constituído o leite da nossa miga vaca, fiz uns testes. Acho que consegui chegar a um leite vegetal que ficasse bem bom no cappuccino e feito com ingredientes mais acessíveis.
Fiz com amendoim, mas, as dicas podem ser aplicadas a outros leites vegetais caseiros.

leite12
2,5~3 xícaras de xerém de amendoim torrado [xerém é + barato do que amendoim em grão. Mas, super rola fazer com o amendoim inteiro torrado, não cru.]
1 litro de água
2 colheres de sopa de aveia em flocos [é o espessante do leite]
1 colher de sopa de açúcar [pode botar mais se quiser]
1 pitada de sal [é importante pra conservação e contribui com sabor]
Algumas gotas de baunilha [pq leite de gente e de vaca têm uma substância semelhante à baunilha – por isso a gente gosta tanto desse sabor]

Como faz?

Esquenta a água, coloca o amendoim, deixa de molho por uns 20~30 minutos, o amendoim vai ficar inchado e molinho. Aí, bate tudo com a aveia.

leite1leite2leite3leite4

Aí, coa. É importante coar bem – eu sempre uso esse lenço que comprei numa loja de bijuterias. É mais barato do que saco de voal e filtra MUIIITO melhor que peneira.
-Observe que: Quando a gente trabalha com aveia, se não coar direitinho, as coisas ficam com gosto de mingau. Daí, é importante usar um tecido fininho pra reter o bagaço.

Aí, mistura açúcar, sal e leva pro fogo médio. Mexe até ferver – isso vai aquecer a aveia e dar uma encorpada no leite. É rapidinho.

Por fim, só bota a baunilha e deixa esfriar. Pra conservar beeeem, coloca num vidro fervido e não deixa na porta nem em uma prateleira baixa da geladeira.

O leite funciona bem pra tomar com café, chocolate em pó, canela ou o que você quiser. Também usei em receitas de bolos e pra acompanhar cereal matinal. Pra fazer cappuccino, é só bater ele gelado com aquele lance de fazer espuma, sabe?

Como só tirei foto dele com café, só vai ter foto disso hahaha Amo café ❤

leite11leite9

Macarrão com tomates assados [facinho e gostosão pra acalentar] + bônus de queijo ralado

A receita é beeeem sussa, é só assar tomates variados com ervas e misturar na massa ainda quente.
Em tempos difíceis, gosto de fazer comidas gostosinhas e rápidas pra dar um conforto.
Quando a gente cozinha, especialmente uma comida sem crueldade, é a chance de se conectar com nosso meio, promover transformação e criar.
Nessa hora, podemos pensar nas escolha que fazemos diariamente e também nas nossas relações com o contexto que vivemos.
Sim, sou dessas, quase uma vendedora de miçanga na praia hahahahaha

mactom4
300g de macarrão
+- 500g de tomates variados
4 tomates italianos maduros
1 tomate italiano verde
100g de tomate sweet grape

Pra temperar [só sugestão, usa o que tiver em casa]:
2 dentes de alho
orégano
alecrim
erva-doce
páprica picante
azeite
ervas frescas [salsinha, manjericão…]

Corta os tomates e amassa os dentes de alho. Aí, junta tomate, alho e temperos – só não coloca as ervas frescas.
Forno médio, por uns 25 minutos.
>Coloquei os tomates pequenos em uma forma separada porque eles assam mais rápido. Só juntei tudo depois.

mactom1

A ideia é deixar os pedaços de tomate meio secos e inteiros, então, não é bacana ficar mexendo. Bota no forno e esquece.
Enquanto isso, cozinha o macarrão. O ideal é misturar o macarrão ainda quente aos tomates.
Depois, coloca as ervas frescas e pode também colocar um queijinho vegetal.

mactom2

>Bônus: Queijinho ralado de amendoim<
1/2 xícara de farinha de amendoim ou resíduo de leite* de amendoim ou qualquer outra castanha/noz
1 colher de sopa de levedo
1 lasca de alho ou 1 pitada de alho em pó ou 1 colher de café de tempero pronto com alho
Cúrcuma – só um pouquinho pra dar cor
Pimenta do reino branca [opcional]
sal

Bate tudo no liquidificador e pronto
*Se for usar resíduo, seca antes – é só colocar o resíduo no forno baixo e deixar lá até ele ficar meio crocante.

mactom3