Focaccia de milho

Outro dia eu postei um cupcake salgado – esse AQUI – com massa de milho. Aí, ainda tinha umas espigas sobrando aqui em casa e resolvi fazer a mesma massa, só que com uma apresentação diferente. Como ela fica bem macia e com uma casquinha, virou focaccia. É super simples de fazer e deve funcionar também com milho em lata, tá? 😉
Ai, vou botar música porque é sexta e a gente ama Tulipa!

focamilho6
O que vai?
2 xícaras de milho fresco [usei 3 espigas médias – debulhei com uma faquinha]
1,5 xícara de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento [ou 1/2 colher de cremor tártaro e 1/4 de colher de bicarbonato de sódio]
1/4 xícara de óleo
3/4 xícara de água
1/2 colher de chá de orégano
1/2 colher de chá de levedo de cerveja [se quiser]
sal [usei 1 colher de chá, mas bota o quanto quiser]

 

Como faz?
Bate tudo no liquidificador, menos os pós. Aí, mistura os outros ingredientes numa tigela e coloca o creme de milho do liquificador. Mexe com jeitinho. Coloca numa forma untada e enfarinhada. Decorei com folhinhas de salsinha
Aí, forno médio, uns 20~25 minutos.

focamilho5focamilho4

Anúncios

[Assada, não frita] Batata com crostinha de amendoim e páprica

A receita é sussa e é basicamente juntar tudo e botar no forno, sem grandes segredos. A misturinha que é colocada na batata pode ser usada pra empanar um monte de coisa – especialmente pra ‘fritar’ coisa no forno porque o amendoim ajuda a deixar um crocantinho bem bom. Agora, não vou me prolongar porque é de batata que a felicidade é feita. Se joga!

batatacroc2
10 batatas médias
1/2 xícara farinha de rosca
1/2 xícara farinha de amendoim [é só bater o amendoim ou secar no forno o bagaço do leite de amendoim]
1 colher de chá de páprica [picante ou defumada]
1 colher de chá de orégano
sal
pimenta [se não usou a páprica picante]
óleo

batatacroc

Começa misturando todos ingredientes secos. Reserva.
Corta as batatas do jeito que você quiser. Coloca numa tigela, bota um fio de óleo e mexe, deve ser o bastante pra todas as batatas ficarem cobertas com uma camada fina de óleo.
Aí, coloca algumas colheradas da mistura de farinha e amendoim. Mexe. As batatas vão ficar parcialmente cobertas e essa é parte da delícia desse lance.

batatacroc1
Arranja as batatas numa assadeira e tenta evitar que fique um pedaço sobre o outro. Leva pro forno médio-alto por uns 30 minutos, vira na metade do tempo. Quando os pedacinhos de batata estiverem dourados por fora e macios por dentro, pode tirar do forno.

 

batatacroc2

batatacroc4

[Formigueiro atômico] Bolo de 2 cafés com cobertura de cacau

Esse bolo começou com a ideia de fazer um bolo formigueiro só que com “formiguinhas” de café solúvel ao invés de chocolate. É simples de fazer e tentei usar ingredientes fáceis de achar no mercado. Tava tudo muito bem até que deixei o bolo coberto esfriando… Feijuca [a gata gatuna] foi lá e furtivamente meteu a pata no bolo. Podemos concluir que a massa ficou beeem fofinha e cheirosa.
O bolo passou por uma cirurgia de cobertura, mas está bem. Imagens do crime no final da página. Cenas fortes!

bolocaf6

Bolo 2 cafés
2 xícaras de farinha de trigo
3/4 xícara de açúcar
1 colher de sopa de fermento [ou 1/2 colher de cremor de tártaro e 1/4 colher de bicarbonato]
1/2 xícara de leite vegetal
1/2 xícara de café
1/4 xícara de óleo
1 colher de sopa de café solúvel + 1 colher de chá de farinha de trigo
1 colher de chá de baunilha

 

Cobertura de cacau
8 colheres de sopa de água
4 colheres de sopa de cacau
3 colheres de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de vinagre branco
3 colheres de sopa de óleo
1/2 colher de chá de baunilha

 

O bolo
-Deixa o forno pré-aquecendo…

Junta o café solúvel com a colherinha de farinha, bota na reserva. Numa tigela, mistura farinha, fermento e açúcar, depois, coloca óleo, café e leite vegetal. Mexe até ficar cremoso – mas não mexe muito, se não, a massa vai ficar pesada. Aí, junta o café solúvel e mexe com carinho – cuidado pra não mexer demais e desmanchar as pedrinhas de café.
Então, forma untada e enfarinhada, coloca a massa e leva ao forno, +-200º por 25 minutos.

bolocaf1

bolocaf4

 

A cobertura
Mistura tudo numa panela – menos a essência, leva ao fogo baixo e mexe até ficar um creme brilhante. Aí, no fim, coloca a baunilha.

bolocaf5

Dependendo da umidade do cacau, pode ser que seja necessário colocar mais água. Se quiser, pode substituir o cacau e o açúcar por chocolate em pó + 1 colher de açúcar.

bolocaf9

bolocaf7

bolocaf8

 

Quiche puro charme de legumes + Talitinha abre o <3 sobre o Veganismo

ALERTA: TEM TEXTÃO NÃO MUITO ÃO, MAS TEM. E A RECEITA É SUSSA. 😉

Vegan não come coisa de bicho, até aí tudo bem. Veganos têm uma alimentação totalmente vegetariana. Mas não é só isso, não é só comida. E tenho visto muitas pessoas falando que cada um faz seu veganismo – dizem que a base é o amor, que ser vegano é cuidar do próprio corpo, que somos veganos pelo planeta… Desculpa acabar com essa felicidade, mas veganismo não é um conceito flexível.  Por isso tenho sentido a necessidade de explicar algumas coisas.

Sobre o amor: Acho que pode ser uma porta de entrada, amor se liga com empatia, é bacana. Mas, ninguém ama a larva do bicho da seda. Só não é ético matar um bicho pra fazer roupa. Amor é relativo, ética não.
Sobre a saúde: Focar em saúde coloca o ser humano como centro das coisas e isso tá errado. Animais são o foco. Veganismo não tem a ver com saúde. Sua saúde tá ligada a teus hábitos, tua genética e teu meio. Não tá relacionada com seu tratamento ético aos animais.
Sobre o planeta: Um impacto ambiental menor é só uma feliz consequência do veganismo, não é sua essência.

Ou seja:
Veganismo é um movimento que visa libertação animal.
Veganos não enxergam os animais [humanos e não humanos] como coisas feitas para serem utilizadas.
E acredito que o veganismo deve conversar com causas sociais. Afinal, num mundo que passa fome é um privilégio poder escolher o que comer. E numa sociedade em que educação não é prioridade, ter acesso a informação para poder questionar as práticas sociais também é privilégio.

Ufa, espero não ter sido muito grossa. Agora, vamos falar de comida?

tortacharme9

Cebola Lótus:
3 cebolas
Azeite
Shoyu
Vinagre branco
Ervas variadas [usei orégano e tomilho]
Pimenta
Massa:
2 xícaras de farinha
1/2 xícara de água gelada
1/2 xícara de óleo
Sal

Recheio – o que tem na geladeira, usei:
1 cenoura fininha
1/2 pimentão vermelho
1/2 pimentão amarelo
1/2 maço de brócolis
Farinha – o quanto precisar
Pimenta
Sal
*coloquei uma pts/pvt que tinha sobrado do outro dia, mas não tenho medida

Cobertura – mandioquinha/batata salsa/batata baroa
100g de mandioquinha cozida
1/4 xícara de água [talvez precise de mais]
1 colher de sopa de tofu amassado ou de xerém de amendoim
1 colher de sopa de óleo ou azeite
1 colher de sopa de vinagre de arroz ou caldo de limão
Sal

A cebola:
A inspiração veio desse vídeo aí ^
Só mudei umas coisas. É só cortar as cebolas, faz como se fosse um asterisco, mas não vai com a faca até o fim. Coloca os temperos – azeite, shoyu, vinagre e ervas. Aí, cobre e leva pro forno médio até as cebolas ficarem macias e as pétalas abrirem. Eu precisei dar uma cutucada com o garfo pra abrir por completo. Finalizei com um pouco de azeite e sal – pq sou dessas.
tortacharmetortacharme1 tortacharme2 tortacharme5
Massa:
Numa tigela mistura a farinha e o sal – se quiser uma corzinha, bota cúrcuma ou colorau. Em outro lugar, junta água e óleo, bate até ficar branco – pode fazer isso com um garfo, um batedor ou usar mixer/liquidificador. Coloca essa misturinha na farinha e mexe até ficar uma bola. Abre a massa numa assadeira e leva pro forno alto. Deixa lá até dourar a borda – deve ser uns 10 minutos.
tortacharme6
A cobertura:
Bate tudo junto até formar um creme – só vai colocando a água aos poucos. Deve ficar na consistência de um requeijão.tortacharme4
Como montar tudo?
Massa – assada até ficar com as bordas douradas
Recheio – legumes crus misturados com farinha e tempero
Cobertura – creme de mandioquinha
Forno médio por uns 30 minutos. Até a cobertura ficar douradinha.
As flores de cebola são assadas em outra forma e depois colocadas sobre a torta.
Feito!

tortacharme7 tortacharme8

tortacharme10 tortacharme12
tortacharme11

Burgão Brazuca: feijão preto e casca de banana

Sim, as definições de brasilidade foram atualizadas.  É burguinho de feijão preto com casca de banana, pesto de salsa, coentro, queijo de mandioquinha, pururuca de tofu e cenoura tostada.

Ai, sei que olhando o tanto de ingredientes parece ser uma trabalheira enorme fazer esse lanche, mas é sussa. A maioria das coisas ou vai pro forno ou é só bater no liquidificador.

hambpt12

Hambúrguer de feijão preto com casca de banana

2 xícaras de feijão preto cozido
3 cascas de bananas [com a parte branca raspada]
1/2 cebola
1 colher de sopa de óleo
Farinha de trigo até dar o ponto [usei 2 colheres de sopa]
Cheiro verde [o quanto você quiser]
Sal e pimenta [tbm o quanto quiser]

Cenoura tostada & picante ou defumada
1 cenoura ralada
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de páprica [picante ou defumada]
Sal

Pesto fresquinho
1/2 maço cheiro verde [misturei coentro com salsinha]
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de amendoim torrado [xerém, não ele inteiro]
50 ml de água [ou o bastante pra ajudar a bater]
Suco de 1/2  limão
Sal

Pururuca assada
50g de tofu fatiado
Óleo
Sal

Queijo de mandioquinha
100g de mandioquinha [batata baroa, batata, salsa…]
100ml de água [costumo usar a água do cozimento da mandioquinha]
2 colheres de sopa de polvilho azedo
2 colheres de sopa de azeite/óleo
1 colher de sopa de vinagre de arroz ou caldo de 1/2 limão
Sal

hambpt9

Hambúrguer
Cozinha o feijão, mas deixa os grãos meio durinhos, ainda inteiros, sabe? Aqui em casa, o feijão costuma ficar super cozido com 25 minutos, então, deixei os grãos na pressão por 20 apenas. A ideia é deixar o hambúrguer com uma textura bacana. *Escorre os grãos e pode reservar a água pra fazer aquafaba – AQUI explica.*

hambpt1hambpt4 hambpt3
hambpt5

Aí, bate o feijão com a cebola, cheiro verde e as cascas de bananas – se for no processador, vai tudo de uma vez. Se for no liquidificador, divide o feijão em partes e bate em 2 ou 3 levas.

Depois da bateção toda, coloca a mistura numa tigela e junta sal, pimenta e a farinha de trigo. Mexe até ficar uma massa não muito dura, porém, firme o bastante pra fazer uma bolota. Eu sempre faço hambúrger assim, unto as mãos, faço uma bola e achato ela numa grelha untada. Aí, fogo médio, abafa, doura, vira, abafa e tira quando tiver dourado dos dois lados.

Cenoura crocante
Rala a cenoura, mistura os ingredientes todos. Espalha a cenoura numa forma e forno médio até as pontinhas ficarem bem douradas.

hambpt9

Pesto
Bate tudo – vai colocando água aos poucos, só pra ajudar a bater.
Pururuca
Corta o tofu em fatias de uns 2~3mm, coloca numa forma untada e pincela óleo por cima das fatias. Aí, forno alto até as fatias ficarem douradas e crocantes. Deve demorar uns 20 minutos.
hambpt6

hambpt7

Queijo de mandioquinha
Bate tudo com a mandioquinha ainda quente – pra cozinhar o amido do polvilho.

Ah, pra acompanhar foi essa batatinha AQUI e botei umas coisas em cima. 🙂
hambpt11

hambpt8

hambpt13