Suflê facinho de abobrinha com alho-poró [sem glúten]

[OU  Soufflé de zucchini com alho francês, se você quiser vender em São Paulo, a capital mundial da gurmetização]

suflpor6

Não sei se essa comida tem mais glamour ou proteína. Só posso te falar que é simples de fazer e a base serve pra qualquer suflê salgado, só não pode usar um recheio muito molhado. Foi uma das primeiras receitas que aprendi, fiz umas adaptações, mas a original é do livro Cozinha Vegetariana, da Caroline Bergerot – clica AQUI pra conhecer mais.

suflpor8

O que vai?

Na massa:
400g de tofu firme
2 colheres de farinha de milho [tipo biju]
100ml de líquido [usei um caldo de alho poró – a receita tá embaixo]
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de fermento
sal
pimenta branca

No recheio:
1 alho poró
1 abobrinha pequena
Azeite pra refogar
Sal

Como?
**Vamos começar pela rodada bônus**
suflpor5 suflpor2
Caldo:
Cozinha as folhas do alho-poró em 2 xícaras de água, deixa lá até ficarem bem macias.
Bate tudo [folha+água] no liquidificador e coa. Aí, você vai ter um caldo concentrado que pode ser usado para aromatizar vários pratos – molhos, refogados, tortas, ou até mesmo dar um tapa num arroz velho. 😉
Pra guardar, congela em forminhas de gelo.
*

suflpor7
O recheio:
Fatia o talo do alho poró e corta em cubinhos a abobrinha. Refoga primeiro o alho-poró e guarda. Depois refoga a abobrinha. Ela vai soltar água, mas, tudo bem, mexe com carinho até secar. Junta tudo e reserva.

A massa:
Bate no liquidificador todos os ingredientes. Vai ficar um creme liso, na consistência de um requeijão. Se quiser, pode usar essa misturinha como um patê.

suflpor1 suflpor3
Aí, numa forma média ou em forminhas, já untada(s) e enfarinhada(s) com farinha de milho, coloca uma camada da massa, uma de recheio e outra da massa.
-Botei um pouco do biju por cima só pra dar uma crocância.
Aí, forno médio por uns 25 minutos, depois, mais 5 em temperatura alta, só pra dourar.

suflpor4
suflpor9

Anúncios

Rabanada recheada com chocolate amargo e crostinha de coco

Deitei na cama, não conseguia dormir e comecei a pensar em quê? Dívidas? Não, rabanada! Pensei que nunca tinha visto uma rabanada recheada, maaaaano, as coisas não podiam ficar assim. Era a hora de inventar uma!

rabrec7

O que vai?
4 pães amanhecidos
1 xícara de leite vegetal
>>Fiz em casa e bati:
>>1/4 de xícara de castanha de caju “crua”
>>3/4 de água
>>algumas gotinhas de baunilha
>>1 pitada pequena de sal
>>1 pitada de açúcar
1 xícara de açúcar [usei demerara]
1 colher de café de canela em pó
1/2 xícara de coco ralado seco
1 tablete pequeno de chocolate amargo

rabrec1 rabrec2 rabrec3 rabrec4

Como?
Os pães precisam estar durinhos, então, se não estiverem super amanhecidos, leva ao forno médio uns 2 minutinhos.
Com os dedos, aperta uma fatia de modo a formar um espaço onde encaixar um pedaço de chocolate. Molha no leite os dois lados da fatia de pão. Pega outra e molha também, mas não precisa apertar o centro desta.

rabrec5 rabrec6
Cada rabanada é feita de 2 fatias, como um sanduíche de chocolate. Passa esse sanduíche no açúcar com canela, coloca coco e leva para uma frigideira untada – acho que precisa ser antiaderente, fogo médio. Faz como se fosse um tostex, pressiona o pão com uma espátula, deixa um tempinho, vira, pressiona de novo e deixa mais um tempinho.

Se quiser mais dourado, passa de novo no açúcar e repete o processo na frigideira. A massa molhada do pão dá conta de grudar uma fatia na outra, só precisa apertar bem.
Pronto! 😉

rabrec8

rabrac9

[Hasselback & Rústica] Batata com creme ~cheddar~ e bacon

Quando postei o shimeji sem passarinho AQUI já disse que amo comida de bar, agora, volto pro boteco com essa receita mais fácil que passar no psicotécnico do Detran!  [Mentira, nem sei como é o teste, nunca tirei carta, só ouço falar que é sussa]

batatached7

Dá o play, entra no boteco e se joga:


Cheddar cremoso:
1 cenoura grande
1/2 xícara de água + 1/4 xícara de aveia em flocos
+1/2 xícara de água [quantidade aproximada, é só pra ajudar a bater]
2 colheres de sopa de polvilho azedo
1 colher de sopa de páprica picante [se quiser mais suave, pode colocar menos]
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de sopa de azeite
1/2 colher de chá de suco de limão.
sal

Mistura água e aveia, deixa uns 10~20 minutos pra hidratar os flocos. Bate no liquidificador e coa. Vai sair um leite concentrado. [Usei a técnica desse queijo AQUI e gostei bastante. Não fica com gosto de mingau e a textura que dá é **i n c r í v e l**]
Cozinha a cenoura e bate no liquidificador com leite de aveia e todos os outros ingredientes, menos o azeite.  Se precisar coloca um pouco de água para ajudar a formar um creme liso e brilhante.
Leva ao fogo e mexe até ficar encorpado. Por último coloca uma colher de azeite.
A consistência que fica é essa:
[Fazer uma receita só com gifs é um sonho meu]
batatachedgif

~Bacon~
1/2 xícara de proteína de soja miúda [medi antes de hidratar]
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de sopa de Shoyu
Sal
-Usei essa minha mistura baconizadora AQUI pra temperar

Hidarata a pvt na água com vinagre ou limão. Aí, faz aquele velho processo de sempre: lava, espreme, lava, espreme, até a água não sair amarela.
Mistura pts, óleo e shoyu, aperta até a carne de soja absorver todo líquido. Bota numa assadeira untada. Forno alto. 5 minutos. Mexe, deixa até ficar crocante.
Ó o antes e depois:
Antes Depois

Se quiser com uma casquinha crocante e macio por dentro – são uns 7 minutos em forno alto. Aí, tira do forno e coloca o tempero que você quiser, usei uma mistura com fumaça líquida que linkei ali nos ingredientes.

batatached5

-Ah, se quiser totalmente crocante, tipo aqueles snacks de soja, deixa em fogo médio, por uns 25 minutos.

Pra montar:

Hasselback
Corta a batata em fatias, sem chegar com a faca até o fim.
-Pra ajudar, coloquei a batata entre dois pratos de sobremesa pra limitar o corte da faca. Tentei fazer com hashi, não deu certo.
-Quando a mão pesa e escapa, eu boto um palito de dente pra ela não desmanchar.

batatached6

Pincela azeite e leva as batatas ao forno alto numa assadeira coberta, depois de 25 minutos, virei pra dourar do outro lado. Mais 15 minutos e estavam assadas.

Rústica
Corta cada batata em +- 8 pedaços. Coloca numa tigela e com um fio de óleo. Mexe até todos os pedaços estarem untados. Aí, assadeira, forno alto, 30 minutos, virando na metade do tempo. Cada lado deve ficar com uma casquinha crocante.

batatached1
batatached4

*Lembrando que cada forno tem sua personalidade. Então, esses tempos podem variar. Não se desespere.

Sorvete de banana caramelada na cestinha crocante

O sorvete de banana congelada é um clássico da vida vegana, acho que foi a primeira coisa que aprendi a fazer. Dessa vez, resolvi dar uma cara mais bacanuda pra essa sobremesa. É rápido, só precisa de paciência. E é baratinho 😉

sorveban9

O sorvete:
10 bananas maduras
2 colheres de açúcar
Suco de limão
-se quiser: pau de canela e cravo

A cestinha:
1 xícara de farinha de trigo [usei integral]
1/4 de xícara de açúcar [usei demerara]
1/4 de xícara de óleo
1/4 de xícara de água gelada

O sorvete:
Pica 8 bananas e congela até elas ficarem durinhas – dá umas 2h.
Em uma panela, derrete o açúcar, coloca uma colher de água, as demais bananas picadas, a canela e o suco de limão. Tampa e deixa lá em fogo baixo por uns 2 minutos. Mexe com cuidado para não desmanchar os pedaços de banana. Deixa no fogo até tudo ficar dourado. Guarda.

sorveban1

Em um processador ou liquidificador, bate as bananas congeladas até formarem um creme. Aí,com muito carinho e uma colher, incorpora as bananas carameladas ao sorvete de banana. Feito!

Cestinha:
Bate [com um fuet ou no liquidificador] água e óleo até ficar um lance branco, meio viscoso. Coloca o açúcar e continua mexendo. Mistura a farinha e mexe com as mãos até formar uma bolota. Abre a massa e corta em círculos.

sorveban3 sorveban5sorveban4  sorveban6

Tem dois jeitos de fazer o formato:
1) Forra a parte de dentro de uma xícara de chá com a massa e leva ao forno alto até dourar
2) Coloca na parte de fora de forminhas para cupcake e leva as forminhas de bumbum pra cima sobre uma assadeira. Assa em forno alto até dourar.
[Ah, essa massa pode ser usada em tortas doces]

-Em ambos os casos, pode fazer um furinho com um palito de dentes na base da massa para evitar a formação de bolhas de ar. Eu não fiz, ficou arredondada.

Como montei:
Antes de colocar o sorvete, joguei chocolate derretido na cestinha. Por cima também foi chocolate.

sorveban8

sorveban10

Caprese: Hambúrguer de lentilha com maionese de chia e cenoura palito

Quando começou essa onda de caprese [muçarela de búfala + rúcula + tomate seco] eu já era vegana e não manjava picas de queijos vegetais. Daí, só observava. Agora, me esbaldo nessa combinação. Vem que tá fácil!

sanducapre8
Quem foi?
O hambúrguer:
1,5 xícara de lentilha
1/2 cebola
1/4 de maço de salsinha
1 dente de alho
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de shoyu
~3/4 xícara de farinha de mandioca crua [até dar ponto]
Sal
Pimenta do reino

Muçarela de aveia
1/2 xícara de aveia em flocos
1 xícara de água
1 colher de sopa de polvilho [azedo se quiser gosto mais forte, doce se quiser ele mais leve]
1 colher de sopa de levedo de cerveja [costumo comprar um em flocos que custa +-6 reais por 200g]
1/2 limão
Sal
1/8 de cebola [é tipo um pedacinho bem pequeno, só pra dar um gostinho]
1 colher de sopa de azeite + 1 colher de sopa de azeite

Maionese de chia:
1 xícara de água
1/2 xícara de chia
1/2 cebola pequena
1 lasca de alho
1/2 limão
sal
1/4 xícara de óleo

Cenoura palito:
Cenoura
Óleo
Sal
aham, só isso

+tomate seco e rúcula
sanducapre2
Como?

O hambúrguer:
*Antes de usar a lentilha o ideal é deixar de molho por 12 horas. Sei nem sempre rola se planejar com essa antecedência, mas é bom saber, né? AQUI explica melhor isso.

Coloca a lentilha para cozinhar com cerca de 3 xícaras de água. O ideal é deixar ela bem sequinha e firme, então, fica de olho para não queimar e, se precisar, vai colocando mais água pra cozinhar.

Depois, bate ou amassa metade dos grãos, coloca os temperos, coloca a outra metade e amassa mais um pouco – faço isso pra ficar uma textura bacana. Aí, vai ficar uma pasta. Coloca a farinha de mandioca até ser possível fazer uma bolota com a mistura.  Vê se tá bom de sal. Coloca a bolota na grelha quente e

sanducapre6
O queijo – nunca tinha feito, foi teste:
Deixa os flocos de aveia na água por uns 20 minutos. Bate no liquidificador e coa com um pano. Vai sair um leite bem espesso – dica, pode usar esse leite para substituir o creme de leite em receitas salgadas, tipo strogonoff ou tortas.
Bate o leite com limão, polvilho, levedo, cebola e 1 colher de azeite. Leva essa mistura ao fogo e mexe até ficar uma pasta lisa e com cara de queijo derretido. Aí, coloca a outra colher de azeite e mexe.

sanducapre5 sanducapre4
Maionese de chia:
Mistura água e a chia, espera dar consistência – demora uns 2 minutos. Bate no liquidificador  com cebola, alho e o caldo do limão, vai ficar uma pasta esbranquiçada  – já vai com cara de maionese. Com liquidificador ligado na velocidade baixa, coloca o óleo bem devagar no meio do redemoinho que se forma. Vai ficar uma pasta bem brilhante. Acerta o sal e põe os temperos que você gostar. Coloquei orégano só pra dar um gostinho extra 😉

sanducapre1
Cenoura palito:
Corta a cenoura em palitos finos. Espalha em uma forma untada e pincela óleo sobre as cenouras. Deixa no forno alto por cerca de 20 minutos, depois, mexe e deixa mais uns 15 minutos. Tira do forno e tempera com sal. 😉

sanducapre9

Como montei – de baixo pra cima:
pão, maionese, hambúrguer, queijo, rúcula, tomate, maionese e pão

sanducapre7

E, uma foto sedutora da rúcula do quintal de vovó:
sanducapre3

Torta mandala de legumes [sem glúten nem soja]

É facilinha
É baratinha
E, vamos combinar, o visual é bem bacana.

tortacol9

A inspiração veio dessa torta AQUI [em inglês]. A receita original é feita com outros ingredintes e usa um creme francês todo pomposo. Usei os legumes que tinha na geladeira e fiz a massa com grão de bico. O recheio é um creme de batatas com uma levada de ~queijo~, mas super rola trocar por um creme de couve-flor e cortar os carbo tudo.

Quem vai?
Cobertura:
2 abobrinhas
1 cenoura
1/2 pimentão
Erva doce
Orégano
Sal

Recheio:
3 batatas grandes
OU 1 Couve flor [se quiser diminuir os carboidratos]
2 colheres de sopa de polvilho
2 colheres de sopa de vinho branco seco
1 colher de sopa de levedo de cerveja [se tiver]
2 colheres de sopa de azeite
Sal
Noz moscada
Pimenta branca
-Água até dar ponto

Crosta
1,5 xícara de grão de bico [medi seco]
Alho em flocos ou frito
Sal
1 colher de sopa de azeite
Água pra ajudar a bater

Como?

tortacol5

Cobertura:
Fatia todos os legumes.
-Cortei usando uma faca, mas acho que fica tudo mais fácil se fizer as fatias de cenoura e abobrinha com aquele negocinho de descascar cenoura. As abobrinhas estavam grandes, cortei as tiras ao meio.
tortacol1 tortacol6

Recheio:
Cozinha as batatas [ou a couve flor] e bate no liquidificor/processador com os demais ingredientes. Coloca água até ficar uma textura cremosa.
-Ah, costumo sempre usar as cascas das batatas. Por isso esses marronzinhos no creme.

tortacol3

Crosta:
Cozinha o grãos de bico, escorre a água e amassa/processa com os outos ingredientes. Coloca água aos poucos até virar uma massa, dependendo do quão cozido estão os grãos, pode ser que nem precise de água.

tortacol2

E monta de que jeito?
Abre a massa numa forma, leva pro forno alto e deixa até dourar – deve ser uns 20 minutos.
Espalha o recheio. Aí, pra cobertura, começa colocando um rolinho de abobrinha no meio, depois, enfia as outras fatiar perpendiculares ao creme.
-Achei mais fácil colocar todas as fatias de abobrinha e preencher os espaços com os outros legumes.  Reguei com azeite e temperei com sementes de erva-doce e orégano.
Forno médio por cerca de 30 minutos – pra cozinhar os legumes. Depois, 10 minutos em forno alto [pra dourar].

tortacol8 tortacol7

Espaguete com molho de cenoura e nata de soja com laranja

Ando meio atabalhoada, daí que tô devendo post aqui no blog, e tenho feito massas práticas em casa. Esse macarrão, por exemplo, fica super bacana e leva menos de meia-hora pra ficar pronto.  Ah, a receita é pra 300g de massa, tá?

macala5

Molho:
2 cenouras
100ml de leite de coco
+-100ml de água [pode ser a do cozimento da cenoura]
Cheiro verde
Sal
Pimenta

Guarnição:
200g de proteína [tofu, cogumelo, seitan, pts/ptv ou yubá/nata de soja…]
1 laranja [só o suco]
1/2 cebola
Erva doce
Páprica doce ou picante
Óleo pra refogar
Sal
Pimenta

macala1

Pra começar, deixa as cenouras cozinhando. Vai cuidar da guarnição.
Refoga a cebola no óleo com um pouquinho de sal. Coloca a proteína e refoga mais um pouquinho. Coloca a erva doce e o suco, deixa lá em fogo baixo até reduzir, dar uma caramelizada de leve e ficar tostadinha. Acerta o sal e a pimenta. E cabô.
Agora, vai cuidar do molho.

macala3

Bate as cenouras cozidas com leite de coco até virar um creme, se precisar, coloca a água. Põe sal e pimenta. Bate um pouquinho, aí, entra o cheiro verde. Bate só um pouquinho, o ideal é ficarem uns pedacinhos de folhas.

macala2

Como montei:
Metade do molho vai no macarrão ainda quente – aliás, o ideal é sempre misturar tudo quente pros sabores se combinarem bem. Aí, o resto do molho foi por cima, no prato, só pra ficar charmoso. Então, coloquei a nata de soja.
E um pouco de pimenta rosa pra fazer uma graça!

macala4