Bambulhoada

Além de ter o coração cheio de compaixão, o povo vegano tem a mente transbordando de criatividade. A gente desmonta a bacalhoada, salva vááários peixes e inventa batatalhoada, jacalhoada, bambulhoada…

mar3

Eu gosto muito da textura do bambu, mas ele tem um saborzinho amargo que me incomodava um tanto. Então, comecei a testar formas de deixar tudo mais agradável. Cheguei a este modo de preparo

O broto e o caldo:
200g de broto de bambu em conserva (cortado em pedaços de +-5cm x 2cm)
1/2 folha de alga nori
1 colher de sopa de alga hijiki
1/2 limão
1 cebola
100 ml de vinho branco
sal
água ate cobrir tudo e sobrar uns 2 dedos acima.

Cozinha tudo na panela de pressão por uns 15~20 minutos.
O líquido na panela é um caldo com sabor de mar, pode ser usado em pirão, risoto ou qualquer outra coisa que você faria com caldo de peixe.

mar2 mar1

A montagem:
3 batatas
1/2 pimentão
1 cebola
dentes de alho [quanto teu bom senso mandar, usei 3]
azeitona [se tiver, aqui em casa não tinha, mas eu recomendo]
salsinha, coentro [só no fim]
sal e pimenta do reino
Azeite – muito azeite

Você pode colocar tudo na assadeira untada com azeite, e fazer uma coisa mais be-bop, ou
colocar tudo em camadas. Aí, rega com mais azeite e um pouco de vinho branco.
Cobre tudo e leva ao forno médio até as batatas ficarem cozidas. Descobre a assadeira e deixa no forno mais uns 10 minutos – até dourar. Pra finalizar, mais azeite e as ervas frescas.

mar6

Anúncios

Um comentário sobre “Bambulhoada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s